Escolhendo a Nuvem Gerenciada por Best-of-Breed – Parte 4

A Parte 1 desta série de blog destacou a comparação das soluções de Planejamento de Recursos Corporativos (ERP – Enterprise Resource Planning) com soluções Best-of-Breed (BoB), e quando BoB é a melhor opção para as cadeias de suprimentos. A Parte 2 da série se aprofundou nas necessidades específicas do planejamento e execução da cadeia de suprimentos e do debate sobre interoperabilidade fortemente acoplada vs. fracamente acoplada. A Parte 3 dessa série forneceu informações mais profundas sobre como executar sua solução de software BoB. Essa parte desta série do blog cobrirá a implantação da nuvem gerenciada do fornecedor de software BoB e na escolha de uma nuvem gerenciada por BoB.

Implantação da Nuvem Gerenciada do Fornecedor de Software BoB 

Na parte 3 dessa série, eu discuti algumas das opções de nuvens disponíveis hoje, como pública, privada e híbrida. A opção final a ser considerada é se o fornecedor oferece uma hospedagem gerenciada ou oferta de nuvem gerenciada.  Essa oferta deve ser do fornecedor original para ser a opção BoB.  Embora possa não ser uma oferta SaaS em termos contratuais, idealmente, os usuários finais não têm ideia de como ou onde o software está sendo executado – eles estão satisfeitos com o desempenho, o acesso e os resultados.  E se você conseguir um único servidor contra vários, você sempre deve considerar isso.  Sem uma diferença de preço significativa, recomendo sempre escolher a opção de único servidor, pois será mais seguro e lhe dará mais flexibilidade.

A desvantagem dessa opção é sempre o custo ou o custo percebido.  Quando possível, você vai querer um serviço de preço fixo e, como você está recebendo um preço total, você pode se surpreender com quão diferente pode ser das duas primeiras opções.  Quando os clientes investigam suas próprias versões de custo e realmente percebem o custo real direto versus uma alocação geral, os números geralmente são muito mais próximos do que parecem no começo.  Eu também recomendaria nunca simplesmente comparar uma oferta de nuvem gerenciada com um preço de nuvem de capacidade.  O primeiro é equivalente a comprar um carro e o segundo a comprar um motor – para uma comparação justa você precisa contar com a montagem do resto do carro você mesmo.

Existem várias vantagens para esta opção.  A primeira e a mais direta é que é seu software deles e eles o conhecem melhor que ninguém. O fornecedor do software não tem para onde se esconder se houver problemas, especialmente se você também usa sua consultoria de implementação.  Você ganha não apenas um pescoço para enforcar, mas muitas vezes ainda melhor, um ouvido para te ouvir.  Se o fornecedor estiver bem estruturado, os canais de comunicação devem ser rápidos e sem problemas – ignorando múltiplos estágios entre um problema que está sendo notado e sendo resolvido.  O número total de casos de clientes é reduzido – às vezes o fornecedor irá notar e resolver diretamente sem qualquer necessidade de envolvimento do cliente, mas principalmente porque o fornecedor tem experiência com centenas de clientes, então erros comuns simplesmente não acontecem.  As atualizações devem ser incluídas e, se possível, você deve escolher quando. Ter isso incluído significa que seus recursos para atualizar são muito reduzidos para que você possa aproveitar as atualizações em uma escala mais razoável.  Todo o processo é mais rápido e com menos problemas, dado que o fornecedor faz isso muitas vezes em comparação com cada atualização e melhoria sendo a primeira e a última vez que um cliente individual o aplica.

Os serviços devem ser 24/7 e incluir interfaces para obter uma solução gerenciada completa.  Com os departamentos de TI espalhados, muitas vezes uma pessoa acaba assistindo várias soluções ao mesmo tempo.  Se eles precisarem reagir a problemas durante a madrugada ou fim de semana, é bem provável que aconteça uma vez por mês ou mesmo mais frequentemente com tantas soluções envolvidas. E ninguém gosta de precisar trabalhar na sua folga.  O fornecedor tratará a maioria dessas questões, sem necessidade de interação com o cliente – o que pode melhorar a satisfação no trabalho para alguns grupos de TI.  O fornecedor deve ter uma abordagem follow the sun (de sol a sol) para garantir que esta cobertura se estenda pelo mundo todo, garantindo que se seus usuários estiverem espalhados pelo globo eles receberão o mesmo serviço.

Com o fornecedor providenciando o software e o hardware, a métrica para compará-los é a disponibilidade de negócios.  Ao contrário dos serviços de terceiros, simplesmente ter o hardware instalado e executado não importa, especialmente se seus usuários não conseguirem fazer seu trabalho e o sistema não estiver disponível.  O fornecedor deve oferecer objetivos de nível de serviço não só por disponibilidade, mas também para resolução de incidentes.  O desempenho também deve ser um objetivo de nível de serviço e com base em métricas de negócios.  Você, como o cliente, não deveria ter que se importar com a quantidade de potência, espaço em disco, etc., a solução precisa atender às métricas da sua empresa.  O fornecedor deve ser especialista nisso tudo e pronto para fornecer o que for necessário sem custo adicional.

Você pode encontrar terceiros oferecendo hospedagem para o software de um fornecedor separado, mas não deixe de perguntar quantos clientes eles têm e com que frequência eles são bem-sucedidos.  Com o software BoB, é raro encontrar alguém que tenha alguma experiência significativa, exceto o fornecedor.  Eles podem ser mais baratos, mas manter altos níveis de disponibilidade não é fácil e eles não possuem um acesso mais preferencial ao fornecedor do que você já tem.

Escolhendo a Nuvem Gerenciada de BoB

Você tem muitas opções e está acostumado a equilibrar custos e riscos.  Há mais duas áreas que você deve considerar; garantir que você possa atender a sua linha do tempo do projeto e a redução dos problemas tanto na implementação quanto ao longo prazo.

De um modo geral, uma nuvem gerenciada de BoB pode acelerar um pouco sua linha de tempo do projeto, mas mais importante, ajudará a garantir que a linha de tempo que você definiu seja atendida.  Uma vez que você assina o contrato, as datas para os sistemas se tornam fortes compromissos.  Você está ignorando todos os processos internos necessários para adquirir hardware, alinhar seus recursos de TI, etc.  Adicionar capacidade adicional interna novamente chuta para fora todos esses processos, mas é uma expectativa imediata do fornecedor.

Reduzir os problemas associados a um projeto e software é outro recurso subestimado.  O fornecedor BoB geralmente incluirá serviços extras para garantir que os pedidos comuns sejam fáceis de fazer, fáceis de fornecer e não exijam taxas extras.  Os usuários e as equipes de projetos podem se concentrar livremente nos resultados do negócio e não passar pela burocracia apenas para fazer coisas simples.  Os níveis gerais de estresse são menores e as equipes são mais produtivas.  Esta deve ser uma expectativa mínima dos fornecedores BoB, e também é importante para o fornecedor, uma vez que eles querem que você seja um cliente satisfeito, consuma todos os seus serviços e compre mais software.

Como a JDA Pode Ajudar Com Ofertas de Nuvem Gerenciadas

A JDA entende a importância de se concentrar nos resultados da empresa, cumprir os prazos dos projetos e ter uma nuvem gerenciada para apoiá-los. É por isso que a JDA investiu no desenvolvimento de uma capacidade de integração robusta, versátil e de alto desempenho que não só fornece um time-to-value acelerado através de interfaces pré-construídas e ferramentas de configuração fáceis de utilizar, mas também estabelece um alto grau de flexibilidade e adaptabilidade, permitindo apoio e evolução desta integração a longo prazo. Para aprender mais sobre como a JDA pode ajudar, entre em contato conosco hoje.